Sessão Let Me Traduce: Spooky Tooth!

Society's Child
Come to my door, baby
Face is clean and shining black as night
Mama went to answer you know
Said you looked so fine
Now I can understand your tears and your pain
She called you girl instead of your name
When she wouldn't let you inside
When she turned and said
"But honey, she's not our kind"

She says I can't see you anymore, baby
Can't see you anymore

Walk me down to school, baby
People acting like they're deaf and blind
'Til they turn and say
"Why don't you stick to your own kind"
My teachers laugh, their smirking stares
Cutting deep down in our affairs
Preachers of equality
They said believe it
Then why won't they just let us be?

She said I can't see you anymore, baby
I can't see you anymore

One of these days I'm gonna stop my listening
Gonna raise my head up high
One of these days I'm gonna spread
My glistening wings and fly
But that day will have to wait for a while
Baby, I'm only society's child
When we're older, things may change
But for now that's the way they must remain

I say I can't see you anymore, baby
I can't see you anymore
I can't see you anymore, baby
I can't see you anymore

Sociedade das Crianças
Entre em minha porta, baby,
Sua face clara irradia luz noite e dia...
Mamãe nem desconfia do que você sabe...
Ela percebeu seu olhar sutil
Agora eu sei das suas lágrimas e de sua dor,
Ela nunca te chama pelo nome,
Quando ela deixará você entrar?
Se acaso ela te ver aqui, decerto dirá:
"Meu garoto, ela não é do tipo certo pra você"

Ela me diz que eu não posso vê-la mais, baby,
Que eu não devo vê-la outra vez...

No caminho da escola, baby,
As pessoas agem como surdos e cegos,
Até que elas nos percebem e dizem:
"Por que você não anda com tipos da sua panela?"
Meus professores riem um riso debochado,
Cortam e podam nosso affair,
Pregadores da igualdade
Dizem que devemos dar-lhes crédito,
Mas por que eles não agem como dizem fazer?

Minha mãe diz que eu não posso vê-la mais, baby,
Que eu não devo vê-la outra vez...

Um dia desses eu não vou dar ouvidos a ninguém,
Vou seguir só o que der na minha cabeça,
Um dia desses eu abro as asas,
Minhas asas cintilantes e alço vôo,
Mas ainda tenho que esperar esse dia chegar,
Baby, ainda somos da sociedade das crianças,
Quando ficarmos adultos as coisas vão mudar,
Mas por enquanto o caminho da escola ficará...

Minha mãe diz que eu não posso vê-la mais, baby,
Que eu não devo vê-la outra vez...
Que eu não devo vê-la outra vez, baby,
Que eu não devo vê-la outra vez...

O Spooky Tooth foi um dos grupos do rock psicodélico do final dos anos 60 e início dos 70. Época, ainda, da validade do sonho da contracultura. O grupo teve como integrantes Gary Wright (depois foi para o Humble Pie), Luther Grosvenor, Jimmy Miller, Mike Harrison, Mike Kellie e Greg Ridley. A banda além de hits próprios como "Societ's Child", "Tobacco Road" ou "Love Really Changed Me", tem interpretações criativas de "Too Much of Nothing" (Bob Dylan), "The Weight" (The Band) e "I am the Walrus" (Beatles/John Lennon). Para saber mais visite os sites: spookytooth.com (oficial) ou  spookytooth.szm.zk (do Luk), que tem a discografia e dá pra encomendar cds.

Capas dos discos "The Last Puff", "Witness" e "Tobacco Road"

Avançar

Home

Voltar