Sessão Pop-Corn: Avisos, Correspondências, Comentários, Conversa Fiada...
Chegamos ao n.º 3 do Orfeu Spam!!! E agora com recursos de movimento em alguns ícones... Viram como o poema do Wlademir se mexe!!! Tô aprendendo... mas ainda tem mais coisa pra saber, muito mais!!! Nosso Arquivo X está aumentando: agora com poesia concreta e poesia simbolista!!! De Rimbaud a Augusto de Campos!!!
A partir de Orfeu Spam 4 estaremos abrindo uma nova sessão: A Sessão POP-UP! Será um espaço para a inserção de textos críticos sobre poesia, literatura e artes!
Agradeço ao Aricy Curvello pelo material enviado, será aproveitado no próximo Orfeu Spam!!! Esse cara é o cara!
Abraços cordiais para Donizete Galvão, Hector Pelizzi, Cláudia Pastore, Jorge Gomes da Silva, Joaquim Branco, Leila Míccolis e todo o pessoal que tem comentado e visto o Orfeu Spam!
Tenho recebido também material de qualidade de muita gente boa!!! Em breve serão inseridos no orfeu Spam!!! Poesia, prosa, artigos de crítica, etc. e tal!!!
Estivemos presente à banca de doutoramento da pesquisadora e professora Cristina Marques, sua tese: As Vanguardas Visuais e a Poesia Experimental Portuguesa! A defesa foi na FFLCH/USP Links interessantes: www.blocosonline.com!!! Continua sendo o grande canal de divulgação da nova literatura!!!
Supomos que o convite para que fizéssemos parte da banca deva-se ao trabalho que buscamos realizar na divulgação e na produção da poesia visual. Nos próximos números de Orfeu Spam incorporaremos poemas e críticas desenvolvidas nessa bela tese, em que se dava destaque ao trabalho desenvolvido por Melo e Castro. Se você é poeta, romancista, mas esconde os seus escritos... Se nenhuma editora está interessada nos seus papéis!!! Tudo bem!! Aqui você pode dar uma palhinha da sua arte!!! mande seu texto para jayrus@uol.com.br!

Jayro Luna, Quadrophenia, 1989.

     Jayro Luna é poeta, professor universitário com doutorado em Literatura Portuguesa pela FFLCH/USP e mestrado em Literatura Brasileira também pela FFLCH/USP. Trabalha atualmente na Unicsul, na FASB, na Fac. de Filosofia, Ciências e Letras de Guarulhos e na pós-graduação da Unicastelo. Como poeta publicou dois livros (Infernália Tropicalis, 1999 e Florilégio de Alfarrábio, 2002), além de alguns libretos (Bagg'Ave; Ópium; Metamorphoses n'Ovídio). Venceu por duas vezes o concurso Projeto Nascente da USP/Editora Abril - edições I e II desse concurso. Editou na década de 80 o fanzine alternativo de poesia Mimeógrafo Generation (teve 26 n.ºs). Tem dois livros de crítica literária e ensaios (Monografias de Literatura, Teatro, Comunicação e Semiótica - 1998; Participação e Forma, 2001). No início da década de 90 formou o grupo de rock The Lee Bats que entre outras coisas musicava poemas e fazia versões poéticas de música do rock internacional.