ORFEU SPAM 21/22

Jornal Eletrônico de Poesias e Artes

Editora: Epsilon Volantis

ISSN: 1807-8311

Orfeu Spam é uma publicação trimestral de poesia, música e artes em geral.

São Paulo, março/maio de 2009/junho/agosto de 2009.

Orfeu Spam está no ar desde janeiro de 2003

 

Voltar  

   Home Page

  Capa Orfeu Spam 21 / 22  

   Home Page

  Avançar

BLOG!  Marginália Let Me Traduce Pop-UP! Revisão... Metamoderna Pim-Ball! Pop-Corn! Acadêmica ENSAÍSTica

Sessão Let Me Traduce: Premiata Forneria Marconi - PFM!

Nesta página você ouve "Spin, Spin, Spin" do disco II

BLOG!

Marginália

Metamoderna

Pin-Ball!

Pop-UP!

Let Me Traduce

Revisão

Acadêmica

Pop-Corn!

 

Chi Ha Paura Della Notte?

P.F.M. (Premiata Forneria Marconi)

Batte la musica della notte
Il suo richiamo sento già
Foresta di città

Esco curioso come un bambino
Che la notte non ha visto mai
Da vicino

Vorrei vedere vorrei sapere
Se la notte veramente fa paura
Ma è peggio il buio di questa stanza
Perchè il silenzio è un'animale che mi mangla

Io stasera il lupo sono io
E la mia voce si sentirà
Fino mattino

E se anche tu sei in giro come me
Spalanca gli occhi e mi scoprirai
Qui vicino

E poi so già che fine farà
Chi come noi si muove nella notte
E per le strade guidare forte
Fare a botte dentro un bar
E dell'amore a prima vista
Se la preda siamo noi – chi a paura
E via di corsa fino a quando dura
A perdifiato

Chi a paura della notte chi a paura
Io non ho paura della notte nera
Chi a paura dell'amore chi a paura
Io non ho paura della notte scura
Chi a paura della notte Ye Ye Ye
Chi a paura
Chi a paura della notte chi a paura
Chi a paura

Muore anche l'impero della notte
I suoi guerrieri vanno via
Prima del domani

E i nostri fari illumineranno
Le strade vuote dei quartieri della notte
Se senti freddo c'è la mia mano
Con l'alba ci si scalderà
E questa stanza no non è più scura
Con una stella catturata nella notte
Ed il silenzio non ritornerà
In questa casa in riva alla città.

Chi a paura della notte chi a paura
Io non ho paura della notte nera
Chi a paura dell'amore chi a paura
Io non ho paura della notte scura
Chi a paura della notte
Chi a paura
Chi a paura
Chi a paura

 

Quem Tem Medo da Noite?

 

P.F.M. / Jayro Luna

 

Bate o ritmo da noite,

Pois aqui se ouve já

A Selva da cidade

 

Eis que vou curioso menino

Que a noite nunca viu mais

Traquino.

 

Virei ver, virei saber

Se a noite verdadeira dá medo

Mas é pior a solidão do quarto

Porque o silêncio é uma fera que me segue.

 

Esta noite o lobo sou eu

E a minha voz se sentirá

Uivando à manhã.

 

E se aqui você vem comigo

Escancara os olhos e me descobrirá

Traquino

 

Pois eu sei que fim terá

Que como nós se move a noite

E pela estrada guiarei veloz

Voando num barril de um bar

E do amor à primeira vista

Se nos prende assim - que é o medo

E se vê quanto a corrida dura

A se  perder de fato

 

Quem tem medo da noite, quem?

Eu não tenho medo dela não!

Quem tem medo do amor, quem jura?

Eu não tenho medo da noite escura

Quem tem medo da noite? Ye ye ye

Que tem medo?

Quem tem medo da noite escura?

Que jura?

 

Morre na aurora o império da noite

E seus guerreiros vão na via

Adiante pela manhã.

 

E nossos faróis iluminando

A estrada vazia da cidade à noite,

Se sinto frio em minhas mãos,

Com a manhã se aquecerá

E este canto não será mais escuro

Com um estrela capturada à noite

E o silêncio não retornará

Nesta casa ao alto do morro na cidade.

 

Quem tem medo da noite, quem?

Eu não tenho medo dela não!

Quem tem medo do amor, quem jura?

Eu não tenho medo da noite escura

Quem tem medo da noite?

Quem não tem, jura?

Quem tem, jura?

Quem jura?

Orfeu Google

Pesquisa  

Biblioteca

Nacional RJ

Bib. Nac.

Portugal

Bib. Congresso

USA

Biblioteca

Mário de Andrade

Biblioteca

Virtual

MEC

Ministério da Educação

Minc

Ministério da Cultura

Periódicos

CAPES

CNPQ

Portal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sessão BLOG!

Marginália

Let Me Traduce

Pop-UP!

REVISÃO

Metamoderna

Pim-Ball!

Pop-Corn!

Acadêmica

Ensaística

 

 

PFM - Premiata Forneria Marconi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Premiata Forneria Marconi (ou PFM) é uma banda italiana de rock progressivo formada em 1972 e que atingiu popularidade nos anos 70, com sucessos tanto nas paradas britânicas quanto americanas. Apesar de compartilhar o estilo com várias outras bandas italianas conteporâneas como Banco del Mutuo Soccorso, Area, Perigeo e Le Orme, foram a única banda italiana do gênero a se tornar famosa fora de seu país natal. Sua música mostra influências de Genesis e posteriormente King Crimson, mas eles mantiveram alto nível de originalidade, contando com um som distinto do Mediterrâneo.

.....................................................................................................................

 

 

Para aqueles que não sabem, a Itália foi um dos países que mais geraram bandas e excelentes álbuns durante o auge do rock progressivo, entre os anos 1971 e 1977. Grandes nomes como Área, Moseo Rosenbach, Banco, Dalton, Le Orme e Premiata Forneria Marconi brindaram o rock com alguns dos grandes álbuns desta época, rivalizando num altíssimo nível com as grandes bandas inglesas do mesmo período, nomes como Yes, Emerson Lake and Palmer e principalmente King Krimson.

Apesar da extensa lista, o PFM acabou se tornando o grande nome mundial do progressivo italiano. Formado em 1970, oriundo da banda Krel, o PFM já começou bem, abrindo shows italianos do grande (na época) Yes, que acabava de lançar seu terceiro álbum, Yes Álbum.

O primeiro álbum dos italianos, Storia di un Minuto já mostra a qualidade da banda. Cantado em italiano, o disco traz sete canções, todas de excelente qualidade, cujo estilo está muito próximo do progressivo do então famoso King Crimson de Robert Fripp, Peter Sienfield e futuramente de Bill Bruford. A formação clássica do Premiata Forneria Marconi contava com Mauro Pagani (flauta, violino e voz), Flavio Premoli (teclados, voz), Franco Mussida (guitarra e voz), Giorgio Piazza (baixo e voz).

Per um Amico foi o segundo álbum do quarteto, lançado no início de 1972. Contendo cinco canções, o álbum mantém a qualidade da estréia, trazendo músicas como Geraneo e Il Banchetto. Já em 1973 e com a admiração e ajuda de Peter Sienfield, o PFM lançou Photo of Ghosts. Este disco tinha o objetivo de conquistar os mercados americanos e inglês. O álbum trazia as músicas dos dois primeiros discos em inglês.

Na seqüência, outro fato inusitado: o quarto álbum, chamado L’Isola de Niente foi lançado em duas versões: uma em italiano e outra em inglês, com o título vertido para The World Became the World. Novamente o disco foi um tremendo sucesso. A faixa Just Look Away tornou-se um dos grandes sucessos do PFM.

Em agosto de 1974, finalmente, o PFM conquistou o mercado americano. O disco Live in USA, gravado no Central Park em Nova York, torna-se um sucesso mundial. Para confundir os fãs, um disco idêntico foi lançado com o nome de Cook, com outra capa, porém mesmo conteúdo. Vale lembrar que Live in USA foi lançado no Brasil pela RCA Vitor.

Já 1975 foi o ano de Chocolate KIngs, álbum com letras em inglês e desta vez composta pelos próprios integrantes. Este também foi lançado por aqui pela mesma RCA Vitor (aquela do selinho laranja). A partir de 1977, com a saída de Mauro Pagani, o PFM perde parte de sua força, e apesar de ainda lançar o bom Jet Leg, a banda já não é a mesma. A partir deste momento, novas mudanças foram feitas no grupo e desde então o PFM partiu para um estilo mais jazz rock, na linha de bandas como Área, Arti Mastieri entre outras.

Após esse período, a banda sumiu um pouco do mapa, mas voltou com força total nos final dos anos 90, reagrupando sua formação original e prometendo grandes shows e álbuns. Na seqüência vieram os discos Ulisses e Serendipity, que surpreenderam em resgatar as qualidades e sonoridades dos bons tempos.

Para os brasileiros que gostam do Renato Russo e da Legião Urbana, uma lembrança: o disco do vocalista com músicas em italiano contém uma faixa do PFM chamada Dolcissima Maria, original do álbum L’Isola di Niente. Em 2002 foi lançado o DVD Live in Japan, sendo um dos discos mais vendidos na Europa e Japão.

 

Fonte: http://www.lagrimapsicodelica.blogspot.com/2007/06/premiata-forneria-marconi-parte-i.html
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Voltar  

   Home Page

  Capa Orfeu Spam 21 /22  

   Home Page

  Avançar