Sessão BloG!: Poesia Visual Joaquim Branco, Moacy Cirne, Hugo Pontes e Serge Segay

Joaquim Branco, Star, de Laser Para Lazer (1984)

Joaquim Branco, Tirotexto

Hugo Pontes,
Sem-Rosto Nem Resto.
       

Moacy Cirne,
p da série
        Balaio

Hugo Pontes, Rendição em Massa.

hSerge Segay (Rússia), Palimpsest Poem (apresentado na I Mostra Internacional de Poesia Visual de São Paulo, 1988).