ORFEU SPAM 11

Jornal Eletrônico de Poesias e Artes

Editor: Jayro Luna

ISSN: 1807-8311

Orfeu Spam é uma publicação trimestral de poesia, música e artes em geral.

São Paulo, outubro/novembro/dezembro de 2005.

Orfeu Spam está no ar desde janeiro de 2003

Voltar  

   Home Page

  Capa Orfeu Spam 11  

   Home Page

  Avançar

Sessão Pop-Corn: Avisos, Correspondência, Falácias, Comentários Inócuos e Conversa Fiada!

 

FChegamos ao Orfeu Spam n.° 11! Saiu um pouco atrasado é verdade... Mas continuamos a fazer uma reforma geral na estrutura de arquivos!... Agora as apostilas de literatura brasileira e literatura portuguesa estão dispostas em muito maior quantidade e em formato "doc" (arquivo de texto) com a finalidade de oferecer possibilidades de pesquisas e estudos gerais de história da literatura e historiografia literária. Assim, a parte didática do Orfeu Spam e as sessões criativas e da revista ficam como que separadas, para melhor organização e aproveitamento deste sítio por parte do leitor/navegante.

 

FCaderno de Anotações (editora Signos) - saiu o livro! Apresentação feita pela professora de teoria literária da USP, Guaraciaba Micheletti. Sinto-me honrado com tão prestimosa apresentação e espero que o texto confirme o que a respeito dele foi escrito!...

 

FNeste número, inovamos na sessão Let Me Traduce, no lugar da transcrição deglutidora de uma letra do grupo homenageado, fizemos um poema-montagem com transcriações deglutidoras dos nomes das canções!

 

FTambém está no prelo o livro BAGG'AVE. Reedição com novos poemas do livrote de 1984. O livrote já esgotado e impossível de se encontrar, agora relançando em edição mais bem cuidade, acrescido de poemas que ficaram de fora da primeira edição. Lançamento previsto para Março/06.

 

FTNesse número tem a publicação de uma carta de Haroldo de Campos, enviada a Jayro Luna. A carta finaliza com um frase que é quase um slogan, uma palavra de ordem: "A poesia é sempre marginal e contracultural!" Grande e saudoso Haroldo de Campos!

 

FEstamos participando como pesquisador no grupo Memória e Discurso da UNICSUL. O grupo vem desenvolvendo pesquisas no âmbito dos estudos culturais, literários e pedagógicos. Tem importantes participações como dos professores Carlos Francisco, Eliana Nagamine, Guaraciaba Micheletti (líder), Carlos Augusto B. de Andrade e Sonia Sueli.

 

FE participamos do I Simpósio Internacional de Autobiografia, promovido pela FFLCH/USP. Na ocasião apresentamos a comunicação "O Autobiográfico como Elemento de Vanguarda em Primeiro Caderno de Poesia de Oswald de Andrade."

 

FSolicitamos aos nossos leitores, eventuais e de praxe, que nos mandem textos e semelhantes colaborações: poesias, contos, informes. O Orfeu Spam é um espaço aberto para divulgação e discussão do mundo artístico, literário e poético-musical. Observem que essa revista/fanzine tem registro no ISSN e que, portanto, qualquer artigo ou texto aqui publicado pode e deve constar do Currículo Lattes e equivalentes!...

 

FLeila Míccolis nos convida a participar de sua página no mudo Orkut! Para quem navega no Orkut, a comunidade da Leila se chama Imprensa Alternativa! Em tempo, também temos uma comunidade orkutiana, se chama, Eu gosto de Poesia Marginal! Yeah!

 

F Abraços, beijos, considerações e outras coisas parecidas (cada caso um caso) para Denise Pinheiro (do Gazzag!), Mirna, Cláudia Rodrigues, Cristina Marques (Cris), Cláudia Pastore (no próximo Orfeu tem poema dela...), Audrey (sumida!...) e Rê (belo baby!), Juliana Oliveira, Knorr, Artur Gomes...

 

FAcessem nossos blogs no Uol: Revista Metamoderna (http://revistametamoderna.zip.net) e Blog do Jayro Luna (http://jayro_luna.zip.net). Tem poemas meus, de outras pessoas, informações e fotos acerca dos assuntos poetizados.

 

Jayro Luna é poeta, professor universitário com doutorado em Literatura Portuguesa pela FFLCH/USP e mestrado em Literatura Brasileira também pela FFLCH/USP. Trabalha atualmente na Unicsul (Universidade Cruzeiro do Sul - São Paulo e na FASB - Fac. de São Bernardo do Campo. Como poeta publicou dois livros (Infernália Tropicalis, 1999 e Florilégio de Alfarrábio, 2002), além de alguns libretos (Bagg'Ave; Ópium; Metamorphoses n'Ovídio). Venceu por duas vezes o concurso Projeto Nascente da USP/Editora Abril - edições I e II desse concurso. Editou na década de 80 o fanzine alternativo de poesia Mimeógrafo Generation (teve 26 n.ºs). Tem dois livros de crítica literária e ensaios (Monografias de Literatura, Teatro, Comunicação e Semiótica - 1998; Participação e Forma, 2001).  No início da década de 90 formou o grupo de rock The Lee Bats que entre outras coisas musicava poemas e fazia versões poéticas de música do rock internacional

 

Marc Chagall - O Grande Circo

 

 

 

Voltar  

   Home Page

  Capa Orfeu Spam 11  

   Home Page

  Avançar