Sessão Pimball

Torcida

Contestando alguns libelos
que eu sempre julguei daninhos,
desde meus tempos mais idos,
quando havia algum duelo
entre o bandido e o mocinho,
eu era mais o bandido...

Seriado

Toda a noite,
a mesma hora,
o sexo da véspera,
requentado,
o amor em replay.
Cansei.



                      Leila  Míccolis.

Amor Condicionado


teu edifício
tem chagas
teu amor não
foi licenciado

e agora
choras com
o aquecedor ligado
Eugênio Moraes




Poranduba


A mãe d'água
apanha restos
  de estrelas
na lâmina do rio.

Faz um colar de luzes
e se banha preguiçosa
  TOUCHÊ

Penha: Lapa

A angústia do motorista
dá partida ao motor

o arranque violento não consola
a corrida contra o tempo
(a mulher doente? os filhos com fome ?)
quem sabe o que se trava?
entre o volante e sua cabeça

Os passageiros são gelatinas
dançando o baile infernal
no fim da tarde.
                      TOUCHÊ

Estabilidade


Vivemos como casal:
você trabalha demais,
me sustenta,
proíbe isso e aquilo,
exige casa arrumada,
quer almoço à uma hora,
o jantar às sete e meia,
sobremesas variadas...

com teus caprichos concordo,
e por vingança, te engordo.


              Leila Míccolis.

Diálogo metalingüístico


As palavras tentam se encontrar
e cochicham entre si mil segredos
atento em analisa-las temo
o fim
da semiologia que se esvai
de mim
mas assim como vem
vão.
Restando só as marcas do tempo
e a saudade de quando sabia ler.

                                              Sócram

ESPERA
                                                  Eugênio Moraes
dias brancos
    passando
      entre
a vida e eu

: tempos de recesso

lápis de cor
        vindo das bordas da lua
                  :espero.

Capa do livro Jujubas Essenciais, 1979, de Antônio Carlos Lucena (Touchê)