ORFEU SPAM 23/24

Jornal Eletrônico de Poesias e Artes

Editora: Epsilon Volantis

ISSN: 1807-8311

Orfeu Spam é uma publicação trimestral de poesia, música e artes em geral.

São Paulo, março-abril de 2011/ setembro-outubro de 2011.

Orfeu Spam está no ar desde janeiro de 2003

 

Voltar  

   Home Page

  Capa Orfeu Spam 23/24  

   Home Page

  Avançar

BLOG!  Marginália Let Me Traduce Pop-UP! Revisão... Metamoderna Pim-Ball! Pop-Corn! Acadêmica ENSAÍSTIca

 

 

Sessão Pop-Corn: Avisos, Correspondência, Falácias, Comentários Inócuos e Conversa Fiada!

 

FChegamos ao Orfeu Spam n.° 23/24! Saiu um pouco atrasado, de novo! ... Neste número buscamos destacar a produção da poesia marginal e da poesia visual. Inserimos poemas em vídeo na sessão Blog. .

 

F Já está disponível na internet (no site Recanto de Letras) a versão em pdf de nosso livro de teoria literária: Teoria do Neo-estruturalismo Semiótico.

 

F Nosso site segundo dados do provedor Hostgold, já bate a média de 100.000 acessos ao mês.... Olha aí o Orfeu se tornando um dos portos da navegação virtual...Com um download médio de 10 GB! Estamos planejando mudar nosso provedor para o Uol Host, mas o endereço continuará o mesmo...jayrus.art.br

 

F Orfeu Spam com algumas reformulações de visual, tentando se adequar aos novos recursos técnicos dos internautas. Novas barras de links, paginação mais ampla.

 

F. Para o próximo Orfeu Spam pretendemos colocar elementos gráficos do Flash. Estamos em fase de desenvolvimento e experiementação dos novos recursos...

 

F  O site da editora Epsilon Volantis tem disponível todos os números do Mimeógrafo Generation em pdf. Este fanzine que produzimos durante principalmente a década de 80, foi o embrião deste Orfeu Spam.

 

FSolicitamos aos nossos leitores, eventuais e de praxe, que nos mandem textos e semelhantes colaborações: poesias, contos, informes. O Orfeu Spam é um espaço aberto para divulgação e discussão do mundo artístico, literário e poético-musical. Observem que essa revista/fanzine tem registro no ISSN e que, portanto, qualquer artigo ou texto aqui publicado pode e deve constar do Currículo Lattes e equivalentes!...

 

F Temos encontrado muita gente boa no Orkut: Luiz Ruffato, grande escritor de Cataguases; Knorr, hábil poeta; Luiz Fafau, poeta marginal que fazia o original "Gillete Press", Artur Gomes, entre outros...

 

F Abraços, beijos, considerações e outras coisas parecidas (cada caso um caso) para Knorr, Artur Gomes (incansável poeta), L.F. Ruffato, Hugo Pontes de Poços de Caldas, Mão Branca (cronista e poeta engajado e criativo), Conceição (Feira de Santana) que está fazendo uma tese sobre a poesia de Blaise Cendrars, Fabio Ulanin e Sonia Galvão...

 

F Em breve será lançado pela EDUPE nosso novo livro, com resultado de pesquisas acerca do projeto da cultura do Vale do Rio São Francisco..

 

F Participamos da banca de doutoramento do professor Adjair Alves, na UFPE. O professor Adjair Alves fez uma tese acerca da produção de rap na cidade de Caruaru..

 

FAcessem nossos blogs no Uol: Revista Metamoderna (http://revistametamoderna.zip.net) e Blog do Jayro Luna (http://jayro_luna.zip.net). Tem poemas meus, de outras pessoas, informações e fotos acerca dos assuntos poetizados.

 

FJá está disponível para download em formato pdf nosso romance "Cacos de Vidas" no site Recanto das Letras. Nessa obra, temas atuais como o crime organizado, a corrupção, a fragmentação do homem no mundo moderno perpassam as ações das personagens revelando ao final uma surpresa que aproxima a obra do realismo fantástico.

 

 

Orfeu Google

Pesquisa

Biblioteca

Nacional RJ

Bib. Nac.

Portugal

Bib. Congresso

USA

Biblioteca

Mário de Andrade

Biblioteca

Virtual

MEC

Ministério da Educação

Minc

Ministério da Cultura

Periódicos

CAPES

CNPQ

Portal

 

Jayro Luna é poeta, professor universitário com doutorado em Literatura Portuguesa pela FFLCH/USP e mestrado em Literatura Brasileira também pela FFLCH/USP.  Trabalhou na FASB - Fac. de São Bernardo do Campo, Faculdades Guarulhos, UNIMESP/FIG, UNICSUL, atualmente é professor da UPE. Como poeta publicou dois livros (Infernália Tropicalis, 1999 e Florilégio de Alfarrábio, 2002), além de alguns libretos (Bagg'Ave; Ópium; Metamorphoses n'Ovídio). Venceu por duas vezes o concurso Projeto Nascente da USP/Editora Abril - edições I e II desse concurso. Editou na década de 80 o fanzine alternativo de poesia Mimeógrafo Generation (teve 26 n.ºs). Tem três livros de crítica literária e ensaios (Monografias de Literatura, Teatro, Comunicação e Semiótica - 1998; Participação e Forma, 2001 - Teoria do Neo-Estruturalismo Semiótico, 2006).  No início da década de 90 formou o grupo de rock The Lee Bats que entre outras coisas musicava poemas e fazia versões poéticas de música do rock internacional

 

 

Franz Hals - O alegre bebedor

 

 

Voltar  

   Home Page

  Capa Orfeu Spam 23/24  

   Home Page

  Avançar