ORFEU SPAM APOSTILAS

[Volta à Página Principal]

Wlademir Dias Pino

Wlademir Dias Pino lança o movimento Intensivista (Cuiabá, 1951) por "um simbolismo duplo, para além das imagens" e realiza "Poemas Desmontáveis" (1952). Dedica-se à pintura (1952/55). Publica o livro-poema A Ave (1956). Lança, com outros poetas, a Poesia Concreta (1956/57), expondo Sólida (Poema Espacional). Na fase concreta cria, entre outros, Sólida (1960), versão para participação, Elementos(1962), poemas para o computador, e Numéricos (1964), poema problema. Em 1967 é co-fundador do Poema/Processo: expõe Brasil Meia-Meia, codificação para colagem; Metacódigo; e poemas-conceitos. Entre 1967 e 1972, edita revistas, participa das exposições e de vários "happenings" do movimento. Participa da IX e da XIV Bienais de São Paulo (1967/77). Em 1971, publica Processo: Linguagem e Comunicação. Em 1974, A Marca e o Logotipo Brasileiros, primeiro volume de enciclopédia visual em progresso, com outros volumes editados nos anos 90. Lecionou Comunicação Visual nas universidades Católica, Rio (1973/78) e Federal de Mato Grosso, Cuiabá (1978/93).