ORFEU SPAM APOSTILAS

[Volta à Página Principal]

Duda Machado

 

 

 

 

POEMA 1922

o maluco irrompeu

nu na igreja

tirou o santo do altar

se aninhou no nicho

e entrou em êxtase

foi um auê geral

mas uma das beatas

não notou nada

 

 

 

[sem título]

cachê

michê

clichê

 

 

Doente, morena
letra: Duda Machado
música: Gilberto Gil
1972


De manhã cedo ela sai
Leva a chave
Me deixa trancado
O dia inteiro
Não ligo
Deito sobre os trilhos
E vejo o trem passar
Entre brinquedos, cigarros
O Tesouro da Juventude
Em não sei quantos volumes
E quando canto
Deixo a imaginação voar
Mas ontem à noite
A mão sobre meus cabelos
Ela me disse:
"Meu bem, não tenha medo
No verão que vem
Nós vamos à praia"